sexta-feira, 19 de junho de 2015

Lingotamento contínuo: O método mais comum de processamento de aço líquido




- Por Enio Figueiredo -

A Máquina de lingotamento contínuo é a máquina, ou aglomerado de máquinas, que tem a função, no macro processo da produção de aço, de solidificar o aço produzido no convertedor, lhe conferindo forma, que é denominada lingote.


Conforme descreve Araújo (2005), seus elementos básicos são: molde refrigerado a água, câmara de resfriamento, barra falsa, rolos de transporte e dispositivo de corte. A Associação Brasileira de Metalurgia (ABM) enfatiza que o LC (lingotamento contínuo) é o modo mais comum de se processar aço líquido, por meio de um molde industrial. 

É através do lingotamento contínuo que a maior parte do aço produzido na aciaria é solidificado. Seu concorrente direto é o lingotamento convencional.  O lingotamento convencional consiste em vazar o aço líquido em lingoteiras, para que mais tarde o lingote possa ser desenformado e processado nas etapas seguintes.

Funcionamento

O processo de lingotamento contínuo passa pelos seguintes passos:
Momentos antes do início da produção, os moldes são preparados com barras falsa, que são posicionadas e vedadas na parte inferior desses. Isso impede que ocorra vazamento de aço líquido quando os moldes começarem a ser preenchidos. O Sistema de mecanismo de tampão libera a fluxo do metal para os moldes, com vazão controlada. 
    No interior do molde o aço sofre uma forte e constante transferência de calor quando forma uma casca ou pele, uma vez que as paredes dos moldes são de placas de cobre refrigeradas a água. À medida que a barra falsa começa a ser extraída do interior do molde, por ação da unidade de extração, o lingote é por ela guiado à câmara de spray forçando o seu resfriamento. 


1. Panela 2. Tampão 3. Distrbuidor 4. Válvula Submersa 5. Molde 6. Seguimento 7. Desempeno 8. Válvula Submersa 9. Nível do Molde 10. Menisco 11. Extração 12. Material Lingotado

A. Aço Liquido B. Aço Solidificado C. Escória D. Água de refrigeração E. Material Refratário - wikipédia
     Na unidade de desempeno, o lingote recebe uma força na vertical modificando seu perfil de curvo para retilíneo. Após isto, ele segue sobre uma mesa de rolos e é cortado em tamanhos pré-definidos nas máquinas de corte. 
    Finalmente chegam ao leito de resfriamento de onde são retirados normalmente por pontes rolantes e empilhados a parte nas áreas de estocagem ou mesmo diretamente carregados em vagões para transporte imediato para continuação de seu processamento em outra área, normalmente de laminação, ou enviados para o cliente final. A seguir, a figura ilustra o processo de Lingotamento Continuo. 

*Conheça o curso cálculo de filtro de manga promovido pelo nosso portal.





Referência bibliográfica:

ARAÚJO, Luiz Antônio de. Manual de Siderurgia. Volume 1 Produção,  2 ª Ed: Editora Arte & Ciência. São Paulo, 2005.

ABM - Associação Brasileira de Metalurgia

Fotos por:
"SteelMill interior" por Payton Chung from DC, USA - Fiery Finkl Forging. Licenciado sob CC BY 2.0, via Wikimedia Commons - https://commons.wikimedia.org/wiki/File:SteelMill_interior.jpg#/media/File:SteelMill_interior.jpg

"Lingotamento Continuo-Continuous Casting" por Mirko Javurek from German Wikipedia / w:de:User:Mirkophonix Modification:emilio juanatey - This file was derived from: Stranggussprinzip.png. Licenciado sob CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons - https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Lingotamento_Continuo-Continuous_Casting.png#/media/File:Lingotamento_Continuo-Continuous_Casting.png

0 comentários:
Enviar um comentário