terça-feira, 18 de novembro de 2014

Conheça a diferença entre viscosidade cinemática e absoluta.


-Por Enio Figueiredo-


Primeiramente precisamos conhecer o conceito de viscosidade. Que é simplesmente a resistência que um fluido qualquer tem às forças cisalhantes que atuam sobre ele.

Trocando em miúdos, é o quando ele resiste ao seu próprio movimento. Lembrando que a viscosidade da maioria dos fluidos mudam com a variação de temperatura. Maior temperatura, menor viscosidade (+"ralo"), menor temperatura, maior viscosidade (+"grosso").

Viscosidade cinemática

A palavra cinemática está relacionada a movimento, portando, a viscosidade cinemática é resistência oferecida pelo fluido para o seu próprio movimento. Se ocorrer um força sobre este, além do valor de sua viscosidade cinemática, ele irá escoar.

Sua unidade de media é o STOKE e o instrumento utilizado para determinar a viscosidade cinemática é o viscosímetro. O valor em STOKE de um fluido se dá pelo tempo que o fluido leva para percorrer uma determinada distância através de um tubo graduado.

Viscosidade absoluta


Obtêm-se a viscosidade absoluta, pela multiplicação de sua viscosidade cinemática por sua gravidade específica. Nunca confunda peso específico ou densidade com gravidade específica. 
A gravidade específica é a relação existente entre o peso de uma unidade de volume do líquido analisado com o peso da mesma unidade de volume de água limpa a 4 ºC.

Ex: 
5m³ de água pesa aproximadamente 5000kg.
5m³ de glicerina pesa 6300 Kg

Logo:

Gravidade específica (glicerina) = 6300 / 5000
Gravidade específica (glicerina) = 1,26 CP

O instrumento utilizado para a leitura de viscosidade absoluta é o viscosímetro Brookfield. E a unidade é o Centi-poise (CP).





Referência:
http://www.hidrovector.com.br/

0 comentários:
Enviar um comentário